Vida, dance, yoga in organic motion...

A vida é movimento. Toda a experiência vital é movimento. A natureza convida-nos cada dia ao movimento, mostrando-nos a impermanência de tudo o que nos rodeia: experienciar em nós, através do corpo, esse movimento que nos dá a possibilidade de ver e compreender a maravilhosa e constante alquimia e unidade que somos. 

YOGA

Liliana é Professora de Yoga certificada e investigadora Somática. Iniciou os seus estudos como bailarina e coreógrafa na Argentina, integrando o Ballet Contemporâneo do Teatro San Martín, em Buenos Aires. Estudou em Nova Iorque, onde tomou contato com as novas tendências da dança nessa altura. Durante vários anos desenvolve o seu trabalho como coreógrafa em Buenos Aires. Na Europa aprofundou a sua formação em yoga e meditação, prática que transmite há mais de três décadas.

Desde 2014 Liliana tem vindo a aprofundar  sua investigação sobre como o ser humano se relaciona com a gravidade e actualmente desenvolve Osseus, um método de Educação Somática que permite o retornar a integridade estrutural e funcional do corpo de forma orgânica, através da auto-indagação. Liliana partilha estas ferramentas com os seus alunos enquanto transmite a sua experiência no Hatha Yoga tradicional, baseada no legado de Krishnamacharya.

Liliana é fundadora de OSSEUS, um Método de Educação Somática que investiga a relação do Ser Humano com a força Gravidade. Um trabalho que se integra na prática de Hatha Yoga para promover a transformação da consciência através do corpo para assim aceder ao potencial livre e pleno do ser humano. Nos últimos cinco anos Liliana tem vindo a dar apoio a pessoas com capacidade motora reduzida na Associação Salvador.

Atualmente leciona em Lisboa e orienta formações, workshops e retiros de yoga, colaborando também com diversas companhias de dança e instituições artísticas em Portugal e Argentina. 

Começa a praticar yoga em 1994, iniciando-se em Hatha Yoga e Asthanga Yoga na Argentina. Em 2002, viaja para a Europa, passando a residir em Lisboa. Desde então, pratica e estuda diferentes métodos de ensino do Yoga: Ashtanga Yoga, com Rolf Naujokat, Tomás Zorzo e Sharaht Jois; Yoga Dinâmico com Godfrey Devereux e Iyengar Yoga, no Instituto Iyengar de Madrid, B. Konrad e Ramanand Patel; Viniyoga, com T.K.V. Desikachar.

Em Lisboa fez parte do H2O Centro de Fisioterapia durante cinco anos, onde começou  a integrar a Educação Somática e a sua abordagem terapêutica na prática de yoga. Durante vários anos fez parte da equipa de formadores do Instituto Macrobiótico de Portugal. 

O encontro com a Meditação Vipassana (Goenka) e Meditação Budista, Mosteiro Theravada da Floresta, possibilitaram um mergulho profundo na sua prática pessoal.

Na minha infância as aulas de dança eram um lugar seguro, de descanso, o outro mundo. Antes de entrar no palco, muitas vezes, o medo paralisava-me, anulando a acção. Mas no momento de entrar, no instante em que atravessava o palco, a mente entrava noutra dimensão – a do momento presente, o agora – e tudo se diluía. Esse estado não era permanente, era um sonho, e nesse momento era livre.

DANÇA

Realizou os primeiros estudos na Escuela de Danzas Norma Fontela entre 1974 -1984, na cidade de Mar del Plata. Mais tarde, entre 1987 e 1989, aprofunda os estudos em dança contemporânea no Taller de Danzas Teatro Gral San Martín, em Buenos Aires. Nos anos 90, integra o Ballet Contemporâneo do Teatro San Martín durante oito anos. Aí recebe a influência de vários coreógrafos argentinos e estrangeiros.Durante vários anos, trabalha como professora de Dança Contemporânea no IUNA (Instituto Universitário Nacional del Arte).

Entre 1993 e 1998, recebe duas bolsas para realizar estudos em Nova Iorque e Bruxelas. Em Nova Iorque, frequenta a Trisha Brown School e absorve, também, as influências de Flying Low Technique, com David Zambrano, e Klein Technique, com Barbara Mahler e Wally Cardona. Em Bruxelas, frequenta aulas com companhias como Rosas, Ultima Vez e Michel Noiret. Estes encontros exercem uma enorme influência na sua formação, levando-a a uma nova compreensão da dança, que integra a perceção da gravidade sobre o ser humano, abordando o corpo-consciência como um todo.

De regresso ao seu país, em 2000, estreia-se como coreógrafa com a peça "Urgente”. No ano seguinte, recebe um subsídio do Estado, que lhe permitiu criar a sua segunda obra, “Sujetos”, que estreia no Festival Internacional de Teatro e Dança de Buenos Aires. Em 2001, recebe um novo apoio, criando a obra "Como Me Quieras", no Teatro Cervantes.

OBRAS COREOGRÁFICAS

Buenos Aires

1998/1999

Buenos Aires

2000​

Buenos Aires

2001

 © 2020 Liliana Nuño. Todos os direitos reservados | All rights reserved.

Please note that any use from the published content of this website must be quoted and credited to the their source.
Any content reproduction without written permission of the author is prohibited and may be taken to legal instances.

 

  • Facebook
  • Instagram